>Anais de Vila Bela (1734-1789)

>Org. Janaína Amado e Leny Caselli Anzai

Sobre a obra
A obra apresenta um extraordinário conjunto de documentos históricos sobre Mato Grosso no século XVIII. Os textos foram escritos anualmente por vereadores da Câmara de Vila Bela, primeira capital, entre 1734 e 1789, desde o início da mineração até o final do governo de Luiz de Albuquerque. Os Anais de Vila Bela fornecem informações e perspectivas novas das 117 folhas manuscritas originais, 108 são inéditas a respeito da vida tensa, cheia de disputas e negociações, na grande área fronteiriça entre a América portuguesa e a América espanhola, tratando também de diversos temas, alguns ainda pouco visitados, como as movimentações indígenas, a organização dos quilombos, a vida cotidiana e a cultura da Capitania.
Os Anais de Vila Bela ficaram durante 200 anos em Portugal, até serem vendidos à Newberry Library, nos EUA, onde foram localizados. Cada interessado, cada estudioso fará sua própria interpretação dos Anais de Vila Bela. Os múltiplos sentidos desse texto somente se revelarão à medida que for sendo lido e reapropriado, de diversos modos e com diferentes fins, segundo os leitores, ao longo dos tempos. O que se segue é apenas uma tentativa de assinalar determinados aspectos históricos dos Anais de Vila Bela que nos chamaram a atenção, alguns entre vários igualmente relevantes. Uma espécie de convite à leitura. Esse tesouro histórico é agora oferecido ao público, em transcrição primorosa do original e linguagem atualizada, acompanhada de notas e índice.

Sobre as organizadoras
Janaína Amado é professora titular aposentada da Universidade de Brasília, fez três pós-doutorados, nos Estados Unidos e em Portugal. Uma de suas áreas de pesquisa é a história da América portuguesa, com ênfase nas navegações oceânicas e na inter-relação de culturas. Sobre esses assuntos publicou, com Luiz Carlos Figueiredo, Brasil 1500 – 40 documentos (Editora da UnB, 2001), O Brasil no império português (Jorge Zahar Editor, 2000), uma série paradidática destinada às escolas de primeiro e segundo graus e, com Ledonias F. Garcia e Luiz Palacin Gomez, História de Goiás em documentos – Colônia (Editora da UFG, 1995), além de artigos.
Leny Caselli Anzai é docente da Universidade Federal de Mato Grosso, onde atualmente coordena o Programa de Pós-graduação em História. Doutora pela Universidade de Brasília, sua tese versa sobre a história de Mato Grosso no século XVIII, com ênfase na expedição científica chefiada por Alexandre Rodrigues Ferreira. Autora de diversos artigos publicados em periódicos acadêmicos, especialista no período de Luiz de Albuquerque em Mato Grosso (1772-1789), no momento realiza pesquisa sobre as relações entre a Capitania de Mato Grosso e as missões religiosas de Chiquitos, localizadas no atual oriente boliviano, assunto ainda muito pouco conhecido no Brasil.
As organizadoras deste volume são historiadoras, docentes e pesquisadoras. No momento organizam novo livro, relativo à história documental de Mato Grosso no final do século XVIII.

Edição: 1ª
Ano de Publicação: 2006
ISBN: 85-99146-25-4 (Carlini&Caniato) e 85-327-0164-7 (EdUFMT)
Tamanho: 17 x 24 cm
Nº de páginas: 320
Coleção: Documentos Preciosos
Gênero: Transcrição de documentos históricos
Editora: EdUFMT e Carlini &Caniato
Preço: R$ 40,00

Contatos:
Editora TantaTinta/Carlini & Caniato
(65)3023-5714/5715
contato@tantatinta.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s