Pesquisa vai definir perfil dos visitantes da exposição

>

Traçar o perfil de quem anda visitando a Exposição “Sertão Encarnado”, no Museu do Morro da Caixa D´água Velha, no Centro de Cuiabá, é o objetivo de uma pesquisa que estará sendo realizada até sexta (19) pelos alunos do curso de Publicidade e Propaganda da Faculdade Unirondon. De caráter estatístico, o levantamento conta com a orientação da professora Deise Aguena. Os visitantes da exposição, que foi aberta no dia 20 de agosto e segue até o dia 19, respondem a um questionário com perguntas simples sobre faixa etária, escola na qual estuda, além de outras sobre sua expectativa e avaliação da exposição, sua freqüência ao Museu e os meios de informação pelos quais ficou sabendo da exposição. O objetivo, segundo a estudante Gisele Teixeira, uma das pesquisadoras, é conhecer melhor o público que freqüenta este tipo de evento.

Além de Gisele, fazem parte da pesquisa os estudantes Felipe Nascimento, Camila Natálha, Cintia Eleonora, Francisnéia Cristina e Isabella Tremura. Eles se revezam em duplas, e ficam no museu em dias alternados da semana. Nos domingos, quando há mais visitantes, todos comparecem ao museu. Fotos e filmagens completarão a pesquisa. Para o editor Ramon Carlini, da Carlini & Caniato Editorial, uma das apoiadoras da exposição, os dados levantados serão de grande importância para se conhecer o público cuiabano e mato-grossense interessado em cultura. “Com estes dados, poderemos até mesmo planejar melhor ações futuras no ramo de cultura, até porque a Carlini & Caniato tem esse perfil de investir em eventos culturais, que consideramos de suma importância para o desenvolvimento de Mato Grosso”. A exposição A exposição “Sertão Encarnado” é uma homenagem aos 100 anos de nascimento do escritor mineiro João Guimarães Rosa.

Reúne a obra do autor de “Grande Sertão: Veredas” e de outros três nomes da literatura brasileira que tiveram o sertão como cenário-personagem de seus romances: Euclides da Cunha (1866-1909), Afonso Arinos (1868-1916). A programação visual da exposição, com 36 totens de 4 faces, totalizando 144 painéis, leva a assinatura do designer Flávio Vignoli e ilustrações de Roberto Luiz Marques. As características do sertão retratadas pelos autores estão representadas sob os temas Sol (paisagem, mito, vontade), Homem (vida, amor, morte) e Sombra (lida, coisas, fim). Com produção da Acênica (Associação das Artes, Comunicação e Cultura de MT) e da Editora TantaTinta, a exposição Sertão Encarnado é uma realização da Via Social Projetos Culturais e Sociais, com patrocínio oficial da Case Construction (fabricante de máquinas de construção e máquinas agrícolas).

Em Mato Grosso conta com a parceria institucional do Governo do Estado e da Prefeitura de Cuiabá, além da Atrativa Engenharia e Carlini & Caniato Editorial. A viabilização é do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s